HIPOPARATIREOIDISMO

  Hipoparatireoidismo é uma doença que ocorre quando o hormônio PTH – paratormônio – que é produzido pelas glândulas paratireoides, não funciona ou não é mais produzido. O resultado da falta desde hormônio é a queda dos níveis de cálcio no sangue, cansando vários sintomas.

  Existem dois grandes grupos de causas de hipoparatireoidismo: quando o paratormônio não é produzido (ou é produzido em pequenas quantidades) e quando há uma resistência a sua ação, ou seja, ele não funciona.

 

         Causas da não produção de paratormônio

  A causa mais comum de hipoparatireoidismo pertence a este grupo, e é após a cirurgia de tireoide, pois o PTH é produzido pelas paratireoides, que são quatro glândulas localizadas atrás da tireoide, bem juntas a ela. Em alguns casos, quando a tireoide é retirada, as paratireoides, por serem muito aderidas a ela ou dependerem de receber sua nutrição pelos vasos sanguíneos da tireoide, acabam sendo retiradas ou sofrendo isquemia e param de funcionar.

  Além da pós-cirurgia de tireoide, outras causas neste grupo são:

  • Radioterapia de pescoço

  • Doença autoimune

  • Hemocromatose (excesso de ferro no organismo)

  • Amiloidose

  • Granulomatose.

     

        Causas da resistência ao paratormônio

  O segundo grupo de causas, mais raras, se relaciona com a resistência à ação do paratormônio. Aqui existe produção de PTH pela paratireoide, mas ele não funciona. Isso pode acontecer nos casos de deficiência de magnésio, em uma doença genética chamada pseudo-hipoparatireoidismo e no uso de medicamentos como calcitonina e bisfosfonatos (acido zolendrônico, por exemplo).

Fatores de risco

  • História recente de cirurgia do pescoço

  • Radioterapia de região de pescoço

  • História familiar de hipoparatireoidismo ou outras doenças endócrinas relacionadas com auto-imunidade.

 

Os sintomas do hipoparatireoidismo estão relacionados com a falta de cálcio no organismo, e são eles:

  • Dormências em mãos, pés e extremidades

  • Cãibras e dores musculares

  • Espasmos musculares

  • Fadiga ou fraqueza musculares

  • Arritmia cardíaca

  • Hipoplasia (falta de desenvolvimento) do esmalte dentário.

 

Alguns sintomas são menos comuns, como:

  • Perda de cabelos e sobrancelhas

  • Unhas quebradiças

  • Dor de cabeça

  • Depressão e alterações de humor

  • Problemas de memória.

     

 

 TRATAMENTO:

 

  Para o tratamento do hipoparatireodismo pode ser feita reposição de cálcio e vitamina D , além do uso de alguns diuréticos que retém cálcio no sangue.

  O tratamento cirúrgico tem sido feito de forma experimental – ainda em pesquisas, existe a possibilidade de inserção de microcápsulas com células cultivadas de paratireoide que produzam PTH no organismo.         Estas microcápsulas são enxertadas no músculo braquiorradial (no antebraço) e os resultados ainda estão em análise.

  Para tratar o hipoparatireoidismo também existe a possibilidade do uso de PTH injetável – um medicamento, já em uso em alguns casos específicos.